Skip to main content
Inseminação intrauterina: o que é?
Como é feita?
Etapas
Para quem é indicado?

Inseminação Intrauterina: o que é?

A inseminação intrauterina, também conhecida como inseminação artificial, é uma técnica de reprodução humana assistida realizada com óvulos da própria paciente e espermatozoides coletados de um parceiro ou de banco de doadores anônimos, que são inseridos diretamente no útero da paciente.

Como é feita?

Na inseminação artificial é realizada a indução da ovulação através de medicações e o ciclo menstrual é monitorado por meio de ultrassonografias transvaginais seriadas.

O sêmen do parceiro ou doador é coletado, preparado e inserido na cavidade uterina com um cateter durante o período de ovulação natural da paciente ou ovulação induzida por medicamentos.

Após a inseminação, aguarda-se que o encontro do espermatozoide com o óvulo aconteça de maneira natural.

Cerca de 15 dias após a inseminação intrauterina, pode ser realizado um teste de gravidez, de urina ou de sangue, para verificar se o procedimento foi bem-sucedido.

Etapas

Coleta e preparo do sêmen do parceiro ou doador, selecionando os espermatozoides de boa qualidade.

Acompanhamento da ovulação da paciente por meio de ultrassonografias.

Inseminação na paciente em período de ovulação.

Para quem é indicada?

O principal objetivo da inseminação artificial é viabilizar o trajeto percorrido pelos espermatozóides, que naturalmente deve alcançar as trompas para fecundação do óvulo. As principais indicações são:
  • Casos leves de infertilidade
  • ISCA – Infertilidade sem causa aparente
  • Mulheres com anovulação crônica (com síndrome dos ovários policísticos)
  • Pacientes com menos de 35 anos (sem fator de infertilidade)
  • Homens com alterações leves no espermograma
  • Casais homoafetivos femininos

Dúvidas frequentes sobre inseminação artificial

O procedimento de inseminação intrauterina é caro?

Por ser um procedimento de baixa complexidade, a inseminação intrauterina possui um custo menor quando comparada a outras técnicas de reprodução.

A inseminação intrauterina tem efeitos colaterais?

Em geral, os efeitos colaterais mais comuns da inseminação intrauterina são inchaço, dores de cabeça e pélvicas sem maior gravidade.

Qual a chance de a inseminação intrauterina ser bem-sucedida?

O sucesso da inseminação intrauterina depende de fatores como a idade e reserva ovariana, qualidade seminal e fator de infertilidade. Por isso, a taxa de sucesso dessa técnica varia entre 15% e 25%.

Quanto tempo dura o tratamento da inseminação intrauterina?

A inseminação intrauterina é um procedimento de baixa complexidade que dura cerca de 10 a 12 dias.

Ainda tem dúvida?

Você pode entrar em contato conosco através dos meios abaixo:
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

CONTATO

Entre em contato através dos telefones abaixo e tire as suas dúvidas. Será um prazer falar com você!

ATENDIMENTO

Segunda a sexta-feira das 7h às 19h e aos sábados das 7h às 13h.

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba o nosso conteúdo informativo no seu e-mail.

1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Inventre Centro Avançado de Medicina Reprodutiva – CNPJ: 27.964.397/0001-98

Venha conversar conosco

R. das Pitangueiras, 187 – Jardim, Santo André – SP, CEP: 09090-150